A menina que roubava sonhos

Written by Livros

“Quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler.”

O estrondoso sucesso do livro do novato Markus Zusak, A menina que roubava livros da editora Intrínseca, traz esta frase de arrepiar na sua contra-capa.

E que história… Posso dizer que sou fã de livros que trazem como pano de fundo momentos históricos importantes. Mas esse livro, além de nos abrilhantar com uma bela visão da Alemanha Nazista em plena Segunda Guerra Mundial, tem uma história fascinante contada de uma forma ímpar. A Morte, que narra a história, nos confunde e nos presenteia com uma forma particular de ver o mundo. Em momentos nos leva a crer que estamos lendo um livro que mais parece uma nova forma de poesia.

Uma experiência fascinante, como todo bom livro deve ser. Palmas para o Zusak!

Last modified: 4 de agosto de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *